A princípio, o avião que levaria os quatro jogadores da base do Flamengo não teve autorização para sobrevoar no espaço aéreo do Peru e precisou retornar para Manaus. Mas enquanto os jogadores aguardavam o desfecho em um hotel, o Mengão obteve a liberação com o Governo do Peru na manhã desta terça-feira.

Em outros casos o time levaria até 7 dias para ter a autorização da aeronave viajar ao Equador. Entretanto, a Conmebol deu ‘aquela mãozinha’ e o clube finalmente conseguiu prosseguir com a viajem.



RELACIONADAS




Os jogadores João Lucas, Natan, Guilherme Bala e Rodrigo Muniz foram convocados pelo técnico Dome para reforçar o elenco do Flamengo, no qual apresenta 11 desfalques, sendo 7 por covid-19.

Os quatro jogadores do Flamengo deixaram Manaus e nesta tarde chegarão em Guayaquil, local do jogo desta noite.

Torcida flamenguista critica a demora nas redes sociais

Após serem barrados, reforços do Flamengo retomam viagem ao Equador
Após serem barrados, reforços do Flamengo retomam viagem ao Equador

A burocracia exigida pelo governo peruano foi vista como desgastante para os jogadores que chegariam no equador próximo da partida começar. Alguns internautas criticaram a demora do voo.

Os caras estão desde cedo pra embarcar, embarcam 13h pra chegar 16h e jogar 19h30… isso é uma piada… é até sacanagem com os jogadores“, disse uma torcedora, enquanto outros continuavam:

“Realmente. Mas foi culpa da burocracia internacional (e talvez da empresa de táxi aéreo). Ainda bem que são jovens e cheios de energia pra realizar o sonho de jogar uma partida da Liberta!”

“3 horas de viagem, então devem chegar lá 16h quando o jogo é 19h? Cada vez mais acho que só tão levando pra encher o banco mesmo”.

“Já cai de paraquedas com uniforme em cima do estádio no melhor battle Royale”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui