Para que esse “novo normal”, em que estamos vivendo, fosse adaptado de forma justa aos clubes da Libertadores, a Conmebol liberou para esta edição a inscrição de 50 jogadores para cada clube, por conta da paralisação que tivemos na Pandemia. Entretanto, o Flamengo só inscreveu 34 dos seus atletas.

O regulamento previa que, mesmo os times que já haviam inscritos seus jogadores antes da parada, poderiam agregar novos nomes para completar a lista dos 50 permitidos. A data limite da inscrição foi até 18 de setembro e o Flamengo não quis colocar o nome de novos atletas. A decisão foi antes do surto de COVID-19 no clube e agora pode custar caro, já que desses 34, sobraram apenas 15 atletas que não estão contaminados (confira a lista abaixo) e nem lesionados, como é o caso do Gabriel Barbosa, Diego Alves e Pedro Rocha.

Imagem pool getty images
Imagem: pool/getty images


RELACIONADAS




O Flamengo volta a jogar pela Libertadores na próxima quarta-feira: enfrenta o Independiente del Valle no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília).

Lista dos nomes confirmados com Covid19

  • Rodolfo Landim
  • Domènec Torrent
  • Cinco membros da comissão técnica
  • Gustavo Henrique
  • Everton Ribeiro
  • Willian Arão
  • Léo Pereira
  • Renê
  • Gomes
  • Thuler
  • Rodrigo Caio
  • Bruno Henrique
  • Isla
  • Diego
  • Filipe Luís
  • Michael
  • Matheuzinho
  • Vitinho
  • Gabriel Batista
  • Marcio Tannure (médico)
  • Juan (auxiliar)
  • Marcos Braz (vice de futebol)
  • Dekko Roismann (conselho de futebol)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui