O goleiro jovem de 21 anos, é uma das grandes promessas da base rubro-negra. Ele fez defesas impressionantes na partida, ressaltando a cabeçada de Luiz Adriano a queima roupa defendida, no reflexo, pelo garoto.

Após a partida, comemorou a grande atuação que fez, recebeu o troféu e dedicou a partida ao pai, falecido no dia 10 de março.



RELACIONADAS




“Não jogo faz 9 meses. A diferença da última para essa é que meu pai estava na arquibancada me assistindo e hoje não o tenho mais. Faz seis meses que perdi meu pai. Um cara me me deu tudo. Foi a primeira vez que entrei em campo sem meu pai. Ele não está aqui fisicamente, não viu de casa, mas está la em cima melhor que a gente. Sempre entrei em campo pensando nelas, na minha família. Tenho minha mãe, minha irmão, meus irmãos por parte de pai. Essa vitória (troféu de melhor em campo) vai para minha família.”

Hugo Souza, do Flamengo, deixou o gramado chorando após o empate com o Palmeiras — Foto: Reprodução
Hugo Souza, do Flamengo, deixou o gramado chorando após o empate com o Palmeiras — Foto: Reprodução

Com 1,96m, ele se destaca em sua envergadura e força física nas saídas pelo alto. O defensor tem mais de 100 quilos e, mesmo assim, é considerado ágil. Mesmo sem ter estreado em campo pela equipe profissional, o jovem chegou a ser convocado pela Seleção Brasileira para o torneio sub-17 de Toulon, em 2017.

“Essa vitória não é só minha. Sempre entro em campo pensando neles, em dar um futuro melhor para eles, crescer na vida por eles. Tenho minha mãe, minha irmã, preciso cuidar delas. Isso aqui não é só meu, é tudo que tem em volta de mim. O trabalho do staff do Flamengo, que dá todo suporte para a gente jogar. Tenho 12 anos de clube, uma oportunidade dessa não podia deixar passar. O nome do meu pai é Jorge. Isso aqui é para ele, para a minha mãe, minha irmã, minha noiva, meus amigos, essa aqui é a resposta para eles. A resposta tem de ser sempre dentro de campo”, disse Hugo Souza.

Flamengo em campo

Flamengo é o sexto colocado no Brasileirão, com 18 pontos e terá sua próxima missão pela Libertadores. A partida será na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Independiente del Valle, no Maracanã, pela quinta rodada do Grupo A.

O clube ainda segue com uma vasta lista de desfalques por conta da COVID-19.

Jogadores

  • Noga
  • Pepê
  • Rodrigo Muniz
  • Gabriel Batista
  • Isla
  • Matheuzinho
  • Rodrigo Caio
  • Léo Pereira
  • Thuler
  • Gustavo Henrique
  • Renê
  • Filipe Luís
  • Willian Arão
  • Gomes
  • Diego
  • Everton Ribeiro
  • Vitinho
  • Bruno Henrique
  • Michael

Delegação

  • Rodolfo Landim (presidente)
  • Marcos Braz (vice de futebol)
  • BAP (vice de relações externas)
  • Domènec Torrent (treinador)
  • Marcio Tanure (médico)
  • Juan (diretor)
  • Marcio Santos (supervisor)
  • Eduardo Calçada (fisioterapeuta)
  • Douglas Oliveira (nutricionista)
  • Cadu Furtado (analista de desempenho)
  • Vinícius Castro (assessor de imprensa)
  • Marcelo Flaeschen (assessor de imprensa)
  • Alex Silva (enfermeiro)
  • Rodrigo Ernesto (Offside logística)
  • Edvard Souza (Offside logística)
  • Dekko Roisman (conselho do futebol)
  • Diogo Lemos (conselho do futebol)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui