A novela em relação a venda de Bruno Henrique e Gérson pelo Benfica ainda não tem data para terminar. Afinal, insistência do técnico Jorge Jesus pela contratação dos atletas rubro negros se dá pela confiança depositada em cima deles pelo Mister.

Acontece que a diretoria do clube português já não demonstra mais a mesma empolgação na aquisição das estrelas rubro-negras. Além da dificuldade imposta pela diretoria rubro negra para liberação dos jogadores, os astronômicos valores também são um empecilho.

Jornal português faz debate sobre venda de Bruno Henrique e Gérson



RELACIONADAS




Diante do impasse sobre a venda de Bruno Henrique e Gérson o Jornal português “Record” abriu um debate sobre o assunto. Dessa forma, segue duas análises de cronistas portugueses. Primeiramente Filipe Balreira deu uma opinião favorável a contratação dos brasileiros e Pedro Filipe Pinto que acredita não ser mais necessária a aquisição dos jogadores.

“Ora, desde cedo, o interesse de JJ em Bruno Henrique e Gerson é conhecido. E a verdade é que o técnico luso sabe como rentabilizar os dois jogadores brasileiros. O Benfica precisa de um avançado que jogue como apoio a Darwin (Bruno Henrique). E um médio de ligação ao ataque (Gerson)”, analisou a favor Filipe Balreira.

Leia também: Flamengo fará cinco jogos em sequência como Visitante

“São jogadores que trariam qualidade e, acima de tudo, competitividade ao Benfica, mas não faz sentido um investimento tão grande. Se fossem posições carenciadas era uma coisa. Mas já há muitas opções quer no meio-campo, quer para aquele ‘nove e meio’ de que Jorge Jesus tanto gosta: Gabriel, Taarabt, Waldschmidt, Pizzi, Chiquinho…”, complementa contra Pedro Filipe Pinto.

Diante do assédio em cima de seus jogadores o Flamengo segue sua rotina em busca de conquistas na temporada. Nesta quarta-feira tem um encontro contra o rival Fluminense pela nona rodada do brasileiro 2020 e a torcida do mengão já começa a exergar o G4 de perto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui